Notícias da SSPÚltimo Segundo

“Segurança Pública se faz assim, lado a lado com a população”, diz secretário Rodney Miranda durante encerramento do Mutirão Iris Rezende Governo de Goiás

Ouvir o texto deste post Parar ou pausar Continuar

Ao longo dos dois dias, foram diversos serviços prestados à comunidade, incluindo a confecção de quase 300 carteiras de identidade, orientações sobre primeiros socorros, análise de projetos, dentre outros.

Após dois dias de trabalho intenso, as forças de segurança encerraram, neste domingo (21/11), a participação na 1ª edição do Mutirão Iris Rezende Governo de Goiás. Realizado no Setor Morada do Sol, região noroeste de Goiânia, o mutirão contou com ampla gama de serviços, de todas as forças policiais e de salvamento do Estado. Apenas a Polícia Civil (PCGO) confeccionou quase 300 carteiras de identidade.

“Uma oportunidade ímpar de levar o trabalho das nossas forças de segurança até a população. Segurança pública se faz assim, lado a lado com a sociedade”, destacou o secretário de Estado da Segurança Pública (SSP-GO), Rodney Miranda. No encerramento do evento, o governador Ronaldo Caiado anunciou a continuação do projeto, que já está marcado para os dias 11 e 12 de dezembro, em Aparecida de Goiânia. “Enquanto for governador, essa estrutura vai percorrer o estado de Goiás”, enfatizou.

Novos RGs

Desde sábado (20/11), quando teve início o Mutirão, a Polícia Civil de Goiás, por meio do Instituto de Identificação, confeccionou 291 carteiras de identidade. Entre os novos RGs está o do trabalhador rural José Carlos Vieira Machado. Natural de Paraúna, no oeste goiano, “Carlinho Datuta”, como é conhecido, se mudou para a capital há pouco tempo e estava sem o documento de identificação. “[A identidade] estava vencida, porque foi tirada em 2002”, disse. Com o mutirão, José Carlos viu a oportunidade de refazer o RG. “Aqui ficou bem mais prático. Foi bom demais pra mim. Nota 10 pra vocês”, agradeceu.

Quem também tirou bom proveito do serviço foi a dona de casa Cidenez Araújo da Silva Santos, que foi ao local confeccionar a identidade do filho Elias, de 6 anos. “Todo lugar que eu preciso levar ele tem que ter a identidade. Achei [o Mutirão] um benefício muito grande, não apenas pra mim, mas para toda a população. Peço a Deus que direto tenha aqui para ajudar as pessoas da região”, pontuou.

O Diretor-Geral da PCGO, delegado Alexandre Lourenço, explicou que as carteiras de identidade feitas pela corporação modernas e eletrônicas, trazendo maior praticidade aos cidadãos. “Temos hoje o RG simplificado, que é a proposta de identificação mais moderna do país. Esse trabalho leva a cidadania para as pessoas, fazendo com que tenham acesso a este instrumento de identificação tão importante”, ressaltou.

Balanço positivo

Responsável por diversos serviços de grande relevância para a população, o Corpo de Bombeiros Militar (CBMGO) finalizou o Mutirão Iris Rezende com um total de 46 atendimentos em ações de vistoria, análise de projetos e pedidos diversos. Os militares foram posicionados em pontos estratégicos do evento e atenderam ainda 10 ocorrências de emergência, garantindo a segurança de todos os moradores que participavam.

Foram também realizadas palestras com orientações para a prevenção de acidentes domésticos, como choques elétricos, queimaduras e afogamentos, além de instruções de primeiros socorros com as crianças que compõe o projeto Bombeiro Mirim. “Esse mutirão veio com o intuito de mostrar esses serviços muito mais explícitos, com rapidez no atendimento. Mostrar o quanto o Estado é preocupado em atender a população carente. O CBMGO, integrante dessa ação, mostra nesse pouco espaço o quão grande é o serviço que nós prestamos à sociedade goiana”, destacou o comandante-Geral da corporação, Coronel Esmeraldino Jacinto Lemes.

O balanço positivo também foi feito pela Polícia Militar de Goiás, que levou as tropas especializadas para demonstrar o trabalho feito diariamente pelos policiais, instruindo ainda sobre preservação do meio ambiente, combate às drogas e à violência contra a mulher. “A importância dessa integração é o resultado positivo na redução dos índices criminais. Quanto mais próxima a Polícia Mlitar está da sociedade, mais efetivas são as nossas ações proativas, que visão a manutenção da paz social”, afirmou o comandante do Policiamento da Capital, Coronel Clivis Pereira Sanches.

Nos dois dias de mutirão, o Procon Goiás realizou 32 atendimentos, além da distribuição de 100 unidades do Código de Defesa do Consumidor e 200 cartilhas do Cadastro de Reclamações Fundamentadas, referente ao ano de 2020. A Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC) apresentou no evento uma simulação de cena de crime, mostrando para a população a tecnologia usada para a análise e solução dos crimes no estado.

Segurança comunitária

O Mutirão Iris Rezende Governo de Goiás marcou ainda a presença de seis presidentes dos Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs) dos bairros da região noroeste da capital. Na manhã de sábado, após a abertura do evento, o secretário de Segurança Pública, o diretor Geral da Polícia Civil e os comandantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros se reuniram com as lideranças para tratar de assuntos ligados a Segurança Comunitária.

O chefe da SSP-GO, Rodney Miranda, destacou a importância da parceria entre segurança pública e comunidade, “indispensável para a prevenção e combate da criminalidade”. Os Consegs existem com o objetivo de realizar discussões permanentes com a comunidade de cada região. Os grupos são formados por lideranças comunitárias que se reúnem para discutir, analisar e acompanhar as soluções de questões relacionadas à segurança.

Secretaria de Estado da Segurança Pública – Governo de Goiás

Botão Voltar ao topo
Pular para o conteúdo

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!