Polícia Militar prende suspeitos de homicídios e apreende armas, em Goiânia

 

Quatro pessoas foram detidos. Com eles, também foram encontradas drogas e balança de precisão

A Polícia Militar prendeu nesta quinta-feira (06/06), quatro suspeitos de envolvimento em diversos casos de homicídios cometidos em Goiânia. Com eles, foram apreendidas quatro armas de fogo – uma delas de uso restrito, munições, carregadores, um veículo, porções de maconha, comprimidos de êxtase e balança de precisão.

Um dos presos é Fernando Alves Pimentel, de 29 anos. De acordo com a PM, ele é responsável pelo homicídio do soldado Dennyo Edno Gonçalves, cometido em junho de 2018. Ele também teria cometido outro assassinato, no Jardim Novo Mundo, em março deste ano. O suspeito também teria tentado matar outras pessoas na última semana, no Jardim América.

Também foi detido Dhullivan Lucena Santos, 30, que teria guardado as armas de fogo e o veículo utilizado na morte do soldado Dennyo, além de ter ateado fogo no carro dois dias após o crime.

Ainda na operação da PM, foram presos Renato Ribeiro da Silva Filho e Maxuel dos Santos Silva, ambos de 18 anos. Os dois seriam responsáveis por dois homicídios cometidos em abril deste ano, no Jardim Califórnia e na Feira do Jardim Riviera.

Em poder dos suspeitos, também estava um kit roni, que tem como função transformar uma pistola em metralhadora ou fuzil. O quarteto foi levado para a Central de Flagrantes. A operação foi realizada por policiais do 42º Batalhão da PM.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: