Polícia Civil prende autor de homicídio cometido na Feira da Lua, em Goiânia

Crime foi motivado por disputa pelo tráfico de drogas

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), apresentou nesta sexta-feira (06/09), o responsável pela morte de Diego Jesus da Silva. Motivado por disputa pelo tráfico de drogas, o crime foi cometido há um mês, na Feira da Lua, que acontece aos sábados na Praça Tamandaré, em Goiânia. “Trata-se de mais uma demonstração das forças policiais de que, em Goiás, o crime não ficará impune”, ressaltou o secretário de Segurança Pública Rodney Miranda.

Douglas Pereira Cardoso foi preso e confessou o crime. Ele e Diego eram traficantes de drogas e integravam facções criminosas rivais que atuavam na região. “Os dois também tinham desavenças da época que ficaram detidos na mesma unidade prisional”, afirmou o delegado Francisco Costa.

A vítima, que cumpria pena no regime semiaberto, estava foragida da Justiça quatro dias do homicídio e tentou se firmar no tráfico de drogas da região, o que deixou os rivais incomodados. No dia 9 de agosto, o mandante, identificado como Alexandre, vulgo “Xandinho”, entrou em confronto com a Polícia Militar, mas acabou morto. Com ele, a polícia encontrou a arma utilizada no homicídio de Diego e drogas.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Odair José Soares, todas as medidas estão sendo tomadas para retirar criminosos faccionados das ruas. “Estamos monitorando as quadrilhas e prendendo seus integrantes. A prisão de Douglas representa mais uma resposta rápida e eficiente que a polícia dá à sociedade goiana no combate à violência”, explicou.

Repressão ao crime
Na apresentação do suspeito, o secretário Rodney Miranda ressaltou a importância do combate ao tráfico de drogas para a redução da violência. “O tráfico tem responsabilidade direta e indireta em grande parte dos crimes violentos. Temos feito um trabalho com muito rigor para reprimir essas quadrilhas e retirá-las das ruas. Além disso, por determinação do governador Ronaldo Caiado, o sistema penitenciário tem sido fortalecido para evitar que ordens para ações criminosas partam dos detentos. Novas unidades prisionais estão sendo inauguradas e estamos investindo na segurança dos presídios”, assegurou.

Graças ao trabalho conjunto das forças policiais e aos investimentos do Governo de Goiás – por meio da Secretaria de Segurança Pública, no fortalecimento de todas as corporações -, de janeiro a julho de 2019, o número de homicídios apresentou queda de 17,40% no Estado. Em Goiânia, a redução foi ainda maior: 29,76%. Além disso, todos os casos de homicídios cometidos na capital neste ano foram solucionados.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: