Polícia Civil e PRF desarticulam grupo criminoso especializado no roubo de maquinário agrícola

Segundo as investigações, a associação criminosa teria causado prejuízo de R$ 2 milhões às vítimas.

Uma ação integrada entre a Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (DECAR) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), desarticulou uma associação criminosa que agia no roubo de maquinários e na venda de defensivos agrícolas na região Norte do estado. A Operação Campo Limpo II foi deflagrada nesta terça-feira (15/09) e dá continuidade a ação de mesmo nome, realizada em janeiro deste ano.

Segundo as investigações, os suspeitos revendiam para fazendeiros cargas roubadas por valores menores que os praticados no mercado. A apuração teve início assim que os primeiros crimes foram cometidos e comunicados à polícia. O grupo teria causado prejuízo de R$ 2 milhões às vítimas. Após o compartilhamento de informações, a força-tarefa identificou quatro pessoas. Dentre elas, estão dois fazendeiros, que trabalham com a produção de grãos no estado.

Os quatro suspeitos foram detidos ainda no início do ano. Agora, na segunda fase da operação, outras duas pessoas foram presas. A dupla, inclusive, já possui várias passagens criminais. Durante as ações desta terça-feira, os policiais realizaram diligencias nas cidades de Uruaçu, Estrela do Norte, Niquelândia, Mararosa e Campinorte. No último município houve apreensões de armas de fogo e munições, além de três veículos. Todo o material foi levado à delegacia de polícia civil em Uruaçu.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar:
Pular para o conteúdo