Polícia Civil e Anvisa apreendem equipamentos médicos e hospitalares vendidos sem autorização sanitária

Mercadorias eram comercializados em loja de informática. Produtos podem causar riscos à saúde

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon) da Polícia Civil e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apreenderam nesta quarta-feira (05/06), em Goiânia, equipamentos hospitalares que eram comercializados sem autorização sanitária. Os aparelhos foram encontrados durante ação de fiscalização em uma empresa de informática.

Além de equipamentos médicos e estéticos, foram apreendidos medicamentos, termômetros, estetoscópios, aparelhos aferidores de pressão, componentes de implantes dentários e instrumentos para limpeza de pele. Todos eles eram comercializados sem o registro da Anvisa. Alguns produtos eram falsificados.

Segundo o delegado Frederico Maciel, a investigação teve início após consumidores apresentarem efeitos colaterais pelo uso de produtos. “Eram mercadorias vendidas por preços muito baixos e que podem causar sérios danos à saúde. O consumidor deve estar atento e checar a procedência das mercadorias antes de adquiri-las”, afirma.

No local, também foi encontrado um aparelho falsificado utilizado na aplicação de anestesia. O proprietário da empresa foi autuado administrativamente e responderá por crime contra a saúde pública.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: