Polícia Civil apreende 60 kg de maconha e insumos para fabricação de drogas

Entorpecentes seriam distribuídos na Região Metropolitana da capital.

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Aparecida de Goiânia, prendeu um homem, de 22 anos, por envolvimento com o tráfico de drogas. Com ele, foram apreendidos 60 kg de maconha e 30 kg de insumos usados na fabricação de crack. A ocorrência foi registrada nesta quarta-feira (14), com diligências realizadas na capital e em Trindade.

As investigações, que duraram uma semana, apontaram que o homem seria responsável pela distribuição de entorpecentes na Região Metropolitana. Os policiais realizaram o monitoramento do suspeito, por cerca de uma hora, até a região de um shopping de Goiânia, onde ele venderia os ilícitos. Durante as buscas no carro do suspeito, foram encontrados no porta malas 40 quilos de maconha.

Aos policiais, o homem confessou que venderia a droga na região, mas se recusou a indicar o nome do comprador. Disse ainda que os entorpecentes eram de um terceiro indivíduo e que apenas realizava a distribuição. Os militares fizeram novas buscas na casa do suspeito, em Trindade, onde foram apreendidos mais 20 tabletes de maconha, balanças de precisão, duas prensas hidráulicas, celulares, além de um microondas e 13 formas usados na preparação das drogas.

Os entorpecentes foram avaliados em cerca de R$ 70 mil no atacado e poderiam dobrar de valor com a venda no varejo. O suspeito foi preso e autuado por tráfico de entorpecentes. Ele foi encaminhado à Central Geral de Flagrantes de Goiânia, ficando à disposição do Poder Judiciário.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar:
Pular para o conteúdo