PM apreende 600 quilos de maconha e fecha laboratório de cocaína em Goiânia

Um homem foi preso e outro morreu após reagir à abordagem e disparar contra os policiais

A Polícia Militar intensificou ainda mais o combate ao tráfico de drogas na noite desta quinta-feira (1º/08), em Goiânia. Em duas ações diferentes, a corporação apreendeu cerca de 600 quilos de maconha e fechou um laboratório de refino de cocaína.

Após denúncia anônima, policiais do Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (Giro) foram até um imóvel que seria utilizado como ponto de tráfico, local onde um homem armado reagiu à abordagem, disparou contra os policiais, mas acabou atingido. O suspeito, ainda não identificado, foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Na casa, foram apreendidos 600 quilos de maconha, uma balança e uma pistola calibre 380.

Um laboratório de refino de cocaína foi fechado por policiais do 42º Batalhão da PM, no Jardim Clarissa, na Capital. A ação foi executada também após denúncia anônima. Guilherme Lima de Sousa, de 23 anos, foi abordado em atitude suspeita e confessou que fabricava e vendia drogas em casa.

Na residência do suspeito, foram encontrados quase 20 quilos de cocaína, insumos e porções de crack e maconha. Também foram apreendidos R$ 11 mil em espécie, três balanças de precisão e objetos utilizados para refino de entorpecentes. Guilherme foi preso em flagrante e levado à Central de Flagrantes. Ele possui passagens por roubo e tráfico de drogas.

De janeiro a julho 2019, o número de drogas apreendidas no Estado cresceu 121,69%, totalizando 42,7 toneladas. O resultado é fruto da integração entre as forças policiais e dos investimentos do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Segurança Pública, em inteligência e aparelhamento de todas as corporações policiais.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: