Perícia apura velocidade de veículo que atropelou e matou mãe e filha, em Goiânia

Análise vai ajudar Polícia Civil no esclarecimento das circunstâncias do caso

A Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC) da Secretaria de Segurança Pública (SSP) realizou nesta terça-feira (07/01), procedimentos técnicos para apurar a velocidade do veículo que atropelou e matou uma mulher de 27 anos, grávida de cinco meses, e a filha de quatro anos, no dia 31 de dezembro, em Goiânia. O trabalho está sendo realizado por policiais da Seção de Perícia em Áudio e Imagem (Sepai).

Os peritos mediram toda a via, bem como analisaram o sistema de monitoramento. O objetivo, neste sentido, é corrigir qualquer distorção do próprio sistema óptico para que a velocidade do carro seja calculada com o máximo de precisão. Agora, a equipe está na fase de confecção de laudos.

A aferição da velocidade será anexada aos demais vestígios obtidos pela equipe do Grupo Especializado em Perícia de Crimes de Trânsito, que esteve no local logo após o atropelamento. Os laudos serão encaminhados à Delegacia de Investigações de Crimes de Trânsito (DICT) da Polícia Civil para municiar o inquérito com fatos que possam esclarecer a ocorrência.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: