Notícias da SSPSem CategoriaÚltimo Segundo

Operação realizada no sistema penitenciário apreende ilícitos em quatro presídios de Goiás no fim de semana

Ouvir o texto deste post Parar ou pausar Continuar

Na terceira etapa da Operação Atena, policiais revistaram celas de nove unidades prisionais. No balanço da operação, porções de drogas, aparelhos eletrônicos e armas de fabricação manual estão entre os materiais apreendidos. 

A Polícia Penal de Goiás realizou neste final de semana, entre os dias 15 e 17 de outubro, a terceira etapa da Operação Atena, iniciada no início deste mês. A ação tem como objetivo a realização de procedimentos de revistas nas celas das unidades prisionais do Estado. Dessa vez, as vistorias ocorreram nos estabelecimentos penitenciários de Jaraguá, Águas Lindas, Quirinópolis, Catalão, Joviânia, Anápolis, Simolândia, Rialma e também na Central de Triagem de Aparecida de Goiânia.

Além de servidores plantonistas, integrantes do Grupo de Intervenção Tática (GIT) e do Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (GOPE) colaboraram na operação. As equipes policiais supervisionaram tanto a estrutura das unidades prisionais quanto a possibilidade da presença de ilícitos nos locais. A população privada de liberdade também foi inspecionada.

Apreensões

Nesta etapa da Operação Atena, foram encontrados ilícitos em quatro unidades prisionais. Na Central de Triagem, os policiais interceptaram um celular, um chip dentro de um cano ligado à calha, um vergalhão (barra de ferro), também dentro de um cano que dá acesso a caixa de esgoto, e um fio de cobre escondido por uma espécie de massa no canto superior da parede de uma das celas; o fio estava ligado ao soquete de energia do refletor externo.

Na Unidade Prisional Regional (UPR) de Quirinópolis foram encontrados seis aparelhos de celular, cinco carregadores, dois fones de ouvido, quatro chips de operadora, doze porções de droga análoga à maconha (aproximadamente 60 gramas) e uma porção de substância análoga à cocaína.

Na UPR de Anápolis, a revista geral resultou na apreensão de três facas de fabricação artesanal, seis objetos metálicos perfurantes (“chuchos”), fios de condução elétrica, quatro lâmpadas, dois conversores de TV, uma placa de TV e quatro cassetetes de fabricação artesanal. Na UPR de Rialma, foram encontrados dois carregadores para celular.

Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
Comunicação Setorial

Botão Voltar ao topo
Pular para o conteúdo

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!