Operação Game Over: PC prende 11 por homicídios e tráfico de drogas

Suspeitos disputavam comando do tráfico em Terezópolis de Goiás

A Polícia Civil de Anápolis, por meio do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) e do Grupo Especial de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Gepatri), prendeu nesta sexta-feira 11 homens por crimes, como homicídios, tráfico de drogas e posse ilegal de armas de fogo. De acordo com as investigações, eles fazem parte de duas facções rivais e disputavam o comando do tráfico de drogas em Terezópolis de Goiás.

As investigações tiveram início após um adolescente ter matado um membro do grupo rival. “O crime foi cometido no réveillon de 2019, na Praça Centra de Terezópolis. Outro homicídio foi cometido em março. Uma tentativa de assassinato também foi registrada em abril. Começamos a apurar e concluímos que todos os crimes foram cometidos por membros de facções”, explica o delegado Daniel Nunes.

Foram detidos Israel Ferreira, Leandro de Sousa Santos, Danillo Aureliano Lopes, Jefferson Santos, Gabriel da Silva, Kaio Henrique Nunes, Yuri Elias Ferreira, Isaías Oliveira, Lucas José Santana e Rogério Antônio Evangelista. Um menor de idade foi apreendido. Cleuber Rodrigues não era alvo de mandado de prisão, mas acabou detido em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Os policiais também cumpriram 17 mandados de busca e apreensão. Três armas de fogo, 50 munições e porções de maconha e cocaína foram apreendidas. A operação contou, ainda, com o apoio de policiais do Grupo Tático 3 (GT3) de Silvânia, Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) e de delegacias de Abadiânia, Nerópolis e Corumbá.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: