Operação da Polícia Civil de combate a corrupção prende cinco vereadores de Araguapaz

Ex-prefeito, secretário municipal de Obras e outro parlamentar também são alvos de mandados de prisão

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap), deflagrou nesta terça-feira (17/09), uma operação que apura crimes de associação criminosa, falsidade ideológica e corrupção ativa e passiva, em Araguapaz. Cinco vereadores e o secretário municipal foram presos.

Cerca de 60 policiais participaram da operação. Foram detidos os vereadores Egnaldo José de Carvalho, Pedro da Silva Souza, Frederico Antônio Monteiro, Derci Francisco Cardoso e Fábio Divino Cardoso. O secretário municipal de Obras Paulo Sérgio Ferreira Nunes também foi preso. O ex-prefeito José Segundo Rezende Júnior e outro vereador também são alvos de mandados de prisão.

De acordo com as investigações, havia um esquema criminoso para que a ex-prefeita Márcia Bernardino – esposa de José Segundo -, não tivesse o mandato cassado. “Dois processos de cassação abertos no último ano foram suspensos após o ex-marido da então prefeita negociar pagamento ilícito com os vereadores”, explica delegado Webert Leonardo Lopes da Silva. O esquema só acabou porque o processo de impeachment de Márcia foi aprovado no mês passado.

Um novo inquérito será aberto para apurar os valores pagos pelo esquema. Também participaram da operação policial a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon), 4ª Delegacia Regional de Polícia, Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE/GT3) e Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Goiás.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: