Notícias da SSPÚltimo Segundo

Operação Conexão Amazonas: PC prende quatro envolvidos em estelionato contra idosos

Ouvir o texto deste post Parar ou pausar Continuar

Vítima, de 74 anos, teve prejuízo de cerca de R$ 24 mil.

A Polícia Civil de Goiás, por intermédio do Grupo de Repressão a Estelionatos e outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC), prendeu em flagrante delito, no final da tarde de terça-feira (14/09), quatro indivíduos, na Operação Conexão Amazonas. As três mulheres e um homem são investigados por integrarem uma associação criminosa armada, especializada na prática do crime de estelionatos “eletrônicos” perpetrados em desfavor de vítimas idosas e residentes na cidade de Manaus, no Estado do Amazonas.

No dia 14, os agentes de polícia do GREF/DEIC receberam informações de agentes do Amazonas de que uma idosa de 74 anos, residente na capital amazonense, havia sido vítima do crime de estelionato, encaminhando cópia do Boletim de Ocorrência.  No B.O., a idosa narrou que, no dia 13, uma pessoa a contatou via aplicativo de mensagem, disse ser sua filha e solicitou a realização de cinco transferências bancárias no intervalo de menos de 2 horas.

A idosa, acreditando estar de fato mantendo um diálogo com a filha, realizou todas as transferências, totalizando a quantia de R$ 24.800,00. Não satisfeito, o criminoso ainda solicitou a realização de uma nova transferência no dia seguinte, mas a vítima já havia descoberto ter caído em um golpe e não a realizou. Munidos de tais informações, os policiais civis constataram que as contas bancárias para as quais os valores foram encaminhados pertenciam a um jovem casal residente em Senador Canedo, sendo o homem detentor de uma extensa ficha criminal pela prática de diversos outros crimes, principalmente patrimoniais.

A mulher do casal já era investigada pela prática de outros estelionatos consumados, com a utilização do mesmo modus operandi, também perpetrados contra cidadãos manauaras. Além disso, os policiais angariaram indícios de que o casal integraria uma associação criminosa voltada para a prática de estelionatos, identificando outro casal integrante do grupo.

Após diversas diligências, conseguiram localizar uma outra mulher, na companhia de outra, em uma casa situada na cidade de Senador Canedo. No momento da abordagem, os investigadores encontraram duas armas de fogo no interior de uma bolsa que estava com uma das mulheres – uma das armas havia sido furtada na cidade de Anápolis.

Além disso, os agentes encontraram um caderno de anotações com o nome de diversas vítimas e valores angariados com os golpes. Também constataram que a capturada já estava com uma mala e com uma passagem comprada para a cidade de São Paulo, numa tentativa de fugir da polícia. Após ser entrevistada, a mulher informou ter transferido parte do produto do crime para a conta bancária de uma outra mulher.

Com essa nova informação, os investigadores identificaram e localizaram outro casal, cujo homem já é monitorado por tornozeleira eletrônica. Ademais, tanto ele quanto a companheira são portadores de péssimos antecedentes criminais e confirmaram fornecerem contas bancárias para que os crimes fossem perpetrados, tendo, efetivamente, recebido parte da quantia na data de hoje.

Diante de todo panorama, os conduzidos foram autuados pela prática de associação criminosa armada, estelionato na modalidade eletrônica e perpetrado contra idoso, receptação e posse ilegal de arma de fogo.

Divisão de Comunicação – Polícia Civil de Goiás

Botão Voltar ao topo
Pular para o conteúdo

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!