Operação Boleto Trocado: PC investiga estelionato contra moradores de condomínio

De acordo com a Polícia Civil, associação criminosa estaria enviando boletos falsificados. Ao todo, 8 pessoas são investigadas

A Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio da equipe da 15ª Delegacia Distrital de Polícia, deflagraram nesta quarta-feira (20/5), a Operação Boleto Trocado, ação com objetivo de cumprir de mandados de prisões temporárias e buscas e apreensões de membros de uma associação criminosa. De acordo com as autoridades, há fortes suspeitas que este grupo praticava crimes de estelionato contra condomínios verticais. Oito pessoas são investigadas.

Ainda segundo a polícia, o crime era praticado por meio da troca de boletos de recebimento da taxa condominial. Os verdadeiros documentos eram retirados da caixa de correspondências dos moradores e substituídos por outros, falsos, com códigos de barras que direcionavam os pagamentos à associação criminosa.

O chefe do grupo seria o morador de um dos condomínios onde há vítima. Ele seria, também, o responsável por retirar os boletos verdadeiros e substitui-los pelos já falsificados. As investigações continuam e a Polícia Civil ressalta a importância de sempre se identificar o nome do beneficiário no momento em que o cidadão for pagar seus boletos.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: