Idosa é presa pela Polícia Civil, suspeita de crimes de estelionato e uso de documentos falsos

A mulher foi descoberta após denúncia de uma instituição financeira. Segundo a denúncia, ela teria tentado sacar o benefício previdenciário de outra pessoa, com RG falso.

A Polícia Civil de Goiás, prendeu na última sexta-feira (11/09), uma idosa, de 67 anos, suspeita de praticar crimes de estelionato e uso de documentos falsos. A detenção foi realizada pelo Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes (GREF), da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), em Goiânia, após uma instituição financeira relatar o possível golpe às forças policiais.

Segundo a denúncia, a mulher, possivelmente utilizando documentos falsos, estaria tentando sacar valores do benefício previdenciário acumulado, de outra pessoa, titular da conta bancária. Os policiais então iniciaram diversas diligências e localizaram a suspeita, ainda com o RG falso. Durante a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante, foi constatado que a idosa já havia praticado o mesmo crime, em julho deste ano.

Na ocasião, ela sacou o valor de R$ 1.500, com o documento falsificado de outra vítima. A mulher também já possuía passagem policial pelo crime de uso de documentos falsos. Segundo a polícia, há indícios de que uma associação criminosa esteja atuando no recrutamento de idosos, para se passarem pelos verdadeiros titulares de benefícios previdenciários e assim, realizar o saque de valores disponíveis na conta. As investigações continuam e devem ser concluídas nos próximos 10 dias.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar:
Pular para o conteúdo