Governo de Goiás envia equipamentos do Corpo de Bombeiros Militar para auxiliar vítimas do ciclone em Moçambique 🚒

O governo de Goiás e a Secretária da Segurança Pública, atendendo solicitação do governo federal e do Ministério da Justiça e Segurança Pública, enviaram materiais e equipamentos do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) para auxiliar as equipes da Força Nacional de Segurança Pública que estão em Moçambique. O País ficou devastado em março após a passagem do ciclone Idai, que afetou cerca de 1,85 milhão de pessoas e deixou mais de 600 mortos. Botes da corporação goiana têm sido fundamentais nos trabalhos das equipes de busca, salvamento e resgate no país africano.

O Comandante Geral do CBMGO, Coronel Dewislon Adelino Mateus, explica que a iniciativa fortalece o trabalho dos bombeiros brasileiros. “Estamos à disposição para auxiliar neste trabalho, pois sabemos que os goianos também se solidarizam com a população e o governo moçambicano”. A equipe de salvamento brasileira é composta por 40 bombeiros militares da Força Nacional de Segurança Pública e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais. No sábado, 27, outro ciclone, o Kenneth, atingiu o país africano, provocou mortes, destruiu casas e deixou pessoas desabrigadas na província de Cabo Delgado.

 

Compartilhar: