Governo de Goiás alerta sobre casos de links e e-mails falsos que roubam dados do usuário

Por meio de informações e orientações da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos é possível se manter atualizado e evitar de ser vítima destes tipos de crime

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Segurança Pública de Goiás e da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) da Polícia Civil informa que, nos últimos dias, está havendo uma divulgação em massa, por meio de links nas redes sociais e e-mails, campanhas de phishings (tentativas de obtenção de informações pessoais e sigilosas), algumas dizendo ser do Departamento da Delegacia Eletrônica, cujo o objetivo é a implantação de códigos malicioso nos smartphones, tablets e computadores de suas vítimas.

Estas instalações são a nova tendência no Brasil, principalmente neste momento quando as atenções estão sendo voltadas para a pandemia gerada pelos casos do novo coronavírus e, também, por poucas formas de proteção conhecidas e fornecidas pelo mercado.

Quem comenta e pontua, com detalhes, sobre os casos, é a delegada Sabrina Leles, da DERCC, que afirmou serem muitas as vítimas e verificações feitas destes tipos de ataques virtuais. “Os criminosos estão aproveitando este momento tão delicado em que grande parte da população esta de quarentena e podem ficar mais tempo online para transformar a internet em um campo fértil pra disseminação desses vírus da internet”, afirma a delegada, indicando que são quatro, os golpes mais conhecidos.

“Há um aplicativo, chamado ‘COVID-19Tracker’, divulgado por links e que pede um download. Ele é um malware que rouba dados das pessoas e consegue controle remoto do computador das vítimas.Há, também, o falso site de cadastramento da Ambev, que promete doar álcool em gel de forma gratuita, mas que rouba dados das pessoas, então, para isso eles pedem o cep e pedem que a mensagem seja compartilhada com cinco contatos”, explica.

A delegada alertou também sobre um link que que a pessoa supostamente faria o download de um vídeo que mostra a construção de um hospital na China em sete dias e um e-mail falso da delegacia virtual que pede intimação. Ambos são phishing e são perigosos, podendo causar danos às maquinas e roubando dados das vítimas.

Para evitar o golpe, esclarece Sabrina Leles, a orientação é de não clicar em links suspeitos e que downloads de aplicativos sejam feitos somente pelas lojas oficiais (Google Play e Apple Store) e não nas redes sociais.

É importante ficar atento, portanto:

  •  Links maliciosos que, ao clicar, irão instalar um vírus de computador em seu dispositivo;
  • E-mail da delegaciavirtual@policiacivil.gov.br que não é verdadeiro;
  • Não clicar em links desconhecidos;
  • Intimações não são enviadas via e-mail.

O endereço correto para Registros de Ocorrência da delegacia virtual do Estado de Goiás é https://raivirtual.ssp.go.gov.br

Se informe sempre!

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar:
Pular para o conteúdo