Goiás apresenta queda em todos os crimes de violência em 2019

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, o resultado é fruto de ações de integração e inteligência das forças policiais

Goiás registrou queda em todos os crimes de violência em 2019. Homicídios tiveram redução de 9,02%, ao passo que tentativas do mesmo crime recuaram 3,88%. Também foram verificadas reduções em latrocínios (-33,33%) e estupros (-0,62%). Crimes violentos letais intencionais regrediram 9,54%. A comparação é de janeiro a maio deste ano com igual período de 2018.

Ao apresentar os números nesta segunda-feira (03/06), o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, ressaltou que os índices mostram que o trabalho das forças policiais está no caminho certo. “Com muita técnica, integração e inteligência, estamos mostrando que é possível garantir mais sensação de paz ao cidadão de bem”, afirmou.

Outras quedas foram verificadas em roubos de veículo (-57,96%), roubos ao comércio (-52,57%), roubos de cargas (-65,12%), roubos em instituições financeiras (-64,29%), roubos a transeuntes (-50,79%), roubos de residências (-3%) e crimes violentos contra o patrimônio (-36,42%).

Furtos de veículos retrocederam 27,7% e furtos a transeuntes 65,98%. Os únicos indicadores que oscilaram para cima foram furtos ao comércio (43,88%) e furtos em residências (15,70%). “Instituímos uma nova modalidade de registro online desses crimes e as pessoas estão confiando mais ao abrir as ocorrências. São crimes que nos preocupam e já estamos trabalhando em ações para coibi-los”, destacou o secretário.

Comparativo mensal
Na comparação entre maio de 2019 e o mesmo mês do ano passado, homicídios apresentaram queda de 9,26%. Tentativas deste mesmo crime caíram 20,73%. Destaque, ainda, para a redução de 81,82% nos casos de latrocínio.

Também regrediram os crimes de roubos a transeuntes (-45,29%), roubos de veículos (-56,14%), roubos ao comércio (-46,18%), roubos em residências (-31,13%), roubos de cargas (-50%), furtos de veículos (-30,6%) e furtos a transeuntes (-61,56%). Nenhum roubo contra instituição financeira foi registrado.

Crimes violentos letais intencionais caíram 15,47% e os crimes violentos contra o patrimônio recuaram 37,45%. “Por determinação do governador Ronaldo Caiado, as forças policiais goianas estão trabalhando de forma totalmente integrada. Não há ações paralelas. Os indicadores comprovam que estamos no caminho certo”, ressaltou Rodney Miranda.

Todas as medidas estão sendo tomadas para reduzir os furtos ao comércio e furtos em residência, que oscilaram para cima em 33,78% e 18,86%, respectivamente.

Produtividade
De janeiro a maio deste ano, as polícias Civil e Militar apreenderam 30,7 toneladas de drogas em todo o Estado, o que representa um aumento de 156,56% na comparação com o mesmo período do ano passado. O número de mandados de prisão cumpridos cresceu 42,28% e o de prisões em flagrante 6,89%

Foram realizadas 8.620 operações de segurança pública. O aumento, nos primeiros cinco meses de 2019, é de 221,88%. As forças policiais apreenderam 2.781 armas de fogo. O aumento, neste sentido, é de 1,27%.

O Corpo de Bombeiros Militar realizou mais de 11 mil ações preventivas e 27 mil resgates realizados. Graças ao trabalho da corporação, houve redução de 21% nos incêndios urbanos e de 42% nos incêndios florestais. Foram realizadas 6,2 mil ações de busca e salvamento e 93,7 mil inspeções.

A Superintendência de Polícia Técnico-Científica realizou 24,9 mil laudos e finalizou 25,3 mil perícias. A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária, por sua vez, conseguiu reduzir 16% das fugas e aumentou em 13% o número de revistas rotineiras diárias. O órgão também instituiu revistas gerais mensais nas unidades prisionais. No total, foram 513 ações neste sentido.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: