Em operação conjunta, Polícia Civil de Goiás combate o desvio de cargas pelo país

Iniciada há 10 meses, as investigações apuraram que a associação criminosa é responsável pelos desvios de mais de 100 cargas no Brasil. Foram cumpridos 24 mandados de prisão

A Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar), em parceria com a Polícia Civil de Minas Gerais e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagrou, nesta semana, duas operações integradas com objetivo de combater o desvio de cargas pelo país. As operações, nomeadas “Grão em Grão fase II” e “Passolongo”, apuraram informações que defronta modalidades criminosa conhecidas como “chave na mão ou chaveirinho” (furto qualificado mediante fraude e concurso de pessoas).

As investigações, feitas já há 10 meses, já estimaram que uma associação criminosa seja responsável por mais de 100 desvios de cargas pelo país, principalmente na região do triângulo mineiro e adjacências dos Estados de São Paulo e Goiás. Ainda de acordo com as averiguações, foram identificados, só na área de grãos, 66 desvios de cargas de soja, feijão, café e milho. Estes crimes, segundo dados, impactou de forma considerável o agronegócio mineiro e goiano, com um prejuízo financeiro às empresas estimado em torno de R$ 15 milhões.

O Poder Judiciário expediu, nestas operações, 24 mandados de prisão e mais de 20 mandados de buscas e apreensões, que foram cumpridos em Goiás e Minas Gerais.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: