Em ações diferentes, PM apreende pelo menos 25 kg de drogas e realiza 17 prisões no estado

As principais ocorrências foram registradas na capital, em Aparecida de Goiânia, Trindade, Luziânia, Anápolis, Porangatu e Jataí.

A Polícia Militar de Goiás apreendeu pelo menos 25 kg de drogas entre a tarde desta quinta-feira (8/10) e madrugada de sexta (9/10). As diversas ações no combate a criminalidade resultaram em 17 prisões, 12 delas por tráfico de entorpecentes. Foram apreendidos ainda nesse período quatro armas de fogo, sete veículos, três toneladas de defensivos agrícolas, munições e quatro celulares. As principais ocorrências foram registradas na capital, em Aparecida de Goiânia, Trindade, Luziânia, Anápolis, Porangatu e Jataí.

Apenas em uma das diligenciais, policiais do Giro apreenderam 9 kg de drogas, em Porangatu. Os militares receberam denúncia anônima, informando sobre um possível carregamento de entorpecentes que sairia de Goiânia com destino a uma cidade no Tocantins. As equipes iniciaram diversas ações e conseguiram localizar e abordar dois veículos na BR-153, já no município da região Norte do estado. Em um dos carros, foram apreendidos sete tabletes de cocaína dois tabletes de crack.

Durante entrevista, os suspeitos do veículo informaram que essa era a primeira vez que faziam o transporte dos ilícitos, que trabalhavam como motoristas de aplicativo e que estavam a serviço de outra pessoa, que estava no outro veículo. O terceiro indivíduo confessou aos militares que fazia a escolta do outro carro e que havia contratado os dois ocupantes daquele veículo para levarem a droga. Ao todo, quatro pessoas foram presas. Uma delas já tinha passagens por tráfico de drogas e furto qualificado, pela explosão de uma agência bancária em Bom Jesus de Goiás. Eles foram levados à Delegacia da região.

Em outra ocorrência, realizada pela Rotam, foram mais de 5 kg de drogas apreendidas, em Goiânia. Os militares realizavam patrulhamento tático pelo Setor Cidade Jardim, quando visualizaram o indivíduo, em atitude suspeita. Imediatamente as equipes efetuaram os procedimentos de abordagem e encontraram com o homem os entorpecentes, uma balança de precisão, três celulares e um caderno com anotações das vendas. O suspeito foi detido e encaminhado à Central Geral de Flagrantes da capital.

Já em Trindade, na Região Metropolitana, a Rotam prendeu um casal, suspeito de tráfico de drogas, roubo e homicídio. As equipes chegaram até a dupla após uma denúncia de roubo de veículo, que ocorreu no município. Os militares intensificaram o patrulhamento na região e encontraram os suspeitos, na GO-060, que estavam no carro que foi usado durante o crime. Após buscas, os policiais apreenderam uma porção de crack e quantia em dinheiro. Aos militares, o homem confessou a participação em um assassinato, que aconteceu na última segunda-feira (5/10), em uma distribuidora de bebidas da cidade.

O suspeito alegou que o homicídio teria sido praticado por conta de um conflito envolvendo facções criminosas. Ele ainda informou o endereço de sua casa, onde estariam as armas de fogo usadas no crime. Os militares foram até o local e localizaram dois revólveres de calibres 32 e 38 e uma pistola de calibre 380, todos com várias munições. O indivíduo também indicou onde estaria o veículo roubado, que foi recuperado pelos policiais. Já a mulher, confessou atuar no tráfico de entorpecentes. Os dois foram conduzidos à Central de Flagrantes para a realização dos procedimentos legais cabíveis.

Durante outra ação, a Rotam desarticulou uma associação criminosa envolvida em tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, na capital. Os militares realizavam patrulhamento pela Vila Mauá, quando avistaram os três suspeitos. Após abordagem, foram apreendidos com os indivíduos porções de cocaína, skunk (supermaconha), crack, ecstasy e MD, além de um revólver calibre .38, munições, duas balanças e R$ 500,00 em espécie, proveniente do comércio ilegal. Os três suspeitos foram detidos e levados, junto com os itens apreendidos, à Central Geral de Flagrantes de Goiânia.

A Polícia Militar apreendeu ainda três toneladas de defensivos agrícolas roubados, na região Leste do estado. Durante um bloqueio policial do Comando de Operações de Divisas (COD), os policiais se depararam com um veículo de carga estilo baú, carregado com o carregamento de defensivos agrícolas. O produto não possuía nenhum documento de certificação fiscal ou de controle de carga e transporte. Aos militares, o motorista relatou que teria pegado o veículo por ordem de um empregador e o mesmo estava abandonado em um local inóspito.

A carga tinha como destino final a cidade de Formosa. Após verificação, as equipes constataram ainda que as trancas do veículo estavam todas arrombadas. Além disso, as chaves do veículo não eram originais, o rastreador havia sido arrancado e as fiações do painel todas expostas. Os PMs fizeram então contato com a empresa que faz o comércio e distribuição da carga, que relatou a impossibilidade de que o transporte seja feito sem documentos fiscais e sem controle de rastreio. O motorista foi então detido em flagrante e levado à Delegacia de Luziânia.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar:
Pular para o conteúdo