Notícias da SSPÚltimo Segundo

Integração: policiais penais e militares de Luziânia e Brasília realizam a prisão de detento do semiaberto que rompeu a tornozeleira eletrônica

Ouvir o texto deste post Parar ou pausar Continuar

Indivíduo foi encontrado no Aeroclube de Brasília. Aparelho de monitoramento que havia sido violado também foi localizado nas imediações do local

Policiais penais da Unidade Prisional Regional do Semiaberto de Luziânia, em colaboração com o 21º Batalhão da Polícia Militar do Distrito Federal (DF), cumpriram, nesta quinta-feira (13), a prisão de um detento monitorado por tornozeleira eletrônica que havia violado a estrutura do equipamento. A prisão aconteceu no Aeroclube de Brasília. O custodiado foi encaminhado à Central de Monitoramento — Semiaberto de Luziânia e, posteriormente, ao Centro de Inserção Social da cidade.

Por meio do sistema de acompanhamento, os policiais penais perceberam o rompimento da tornozeleira do custodiado. Em seguida, a equipe de plantão se dirigiu ao local indicado, na companhia dos policiais militares. Após a verificação do lugar, o detento foi localizado nas proximidades do banheiro do Aeroclube, no instante em que o mesmo reunia seus objetos para evadir do local.

O Poder Judiciário de Luziânia vai decidir as medidas cabíveis para o caso, de acordo com a lei, que devem ser tomadas a partir de agora. A prisão do detento segue as determinações das portarias 003 e 004/2016 da 1ª Vara Criminal de Execução Penal de Luziânia.

Diretoria Geral de Administração Penitenciária — DGAP
Comunicação Setorial

Botão Voltar ao topo
Pular para o conteúdo

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!