Dema identifica 10 dos maiores pichadores de Goiânia

4ª etapa da Operação “Goiânia Limpa” foi realizada na manhã desta quinta-feira (13/02)

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente (Dema), realizou, na manhã de hoje (13/02), cumprimento de mandados judiciais com a 4ª etapa da operação “Goiânia Limpa”. Em coletiva de imprensa, foram apresentados os resultados de seis meses de investigações que identificou os 10 maiores pichadores da atualidade. De acordo com a polícia, apenas dois deles picharam cerca de 2 mil pontos entre imóveis comerciais, residenciais, monumentos urbanos tombados, vias públicas e viadutos em Goiânia e Região Metropolitana.

As pichações, que causaram prejuízo material de milhões de reais, além do dano estético e visual à cidade, começaram a ter a investigação reforçada, segundo o delegado da Dema, Luziano de Carvalho, depois da depredação da Rua do Lazer, que fica no centro de Goiânia e foi reinaugurada em outubro de 2019. Apesar disso, as investigações acontecem desde 2016.

Ainda segundo o delegado, dentre as pessoas identificadas há um empresário, proprietário de uma barbearia, estudantes universitários e, pelo menos, três já com passagem pela polícia. Durante a operação também foram também foi feita uma busca e apreensão na casa de um dos pichadores, onde foi apreendida uma lata de spray e uma moto.

Todos os procedimentos investigativos foram devidamente enviado ao Poder Judiciário, cabendo a Justiça determinar as punições  serem tomadas. O crime de pichação é vandalismo e crime ambiental perante a lei e prevê pena de detenção de três meses a uma ano e multa.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: