Especialistas das forças policiais de 15 Estados discutem combate à criminalidade no campo

Secretário de Segurança Pública Rodney Miranda destacou os avanços registrados em Goiás

“Goiás tem feito um trabalho muito forte para combater à criminalidade de forma específica na zona rural e, assim, garantir tranquilidade às famílias que vivem no campo”, afirmou o secretário de Segurança Pública Rodney Miranda nesta quinta-feira (03/10), ao ministrar exposição durante o 2º Painel sobre Segurança Rural. O evento, realizado em Brasília, é promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

O evento reuniu especialistas das forças policiais de 15 unidades da federação, que apresentaram ações voltadas ao policiamento rural e trocaram experiências estaduais. Também foi discutida a criação de uma rede de contatos entre as corporações que atuam no combate ao crime em áreas rurais nos estados.

Entre as práticas bem-sucedidas citadas na conferência, está o trabalho realizado pela Patrulha Georreferenciada da Polícia Militar de Goiás, que combate à criminalidade em fazendas, chácaras e sítios. A unidade também é responsável pelo policiamento rural e garantir tranquilidade à comunidade que vive no campo, além de preservar a paz social e restituí-la quando necessária.

O secretário Rodney Miranda destacou os avanços na segurança rural conquistados em Goiás. “Desde o início deste ano, por determinação do governador Ronaldo Caiado, estamos investindo na segurança das famílias que moram em áreas rurais. Já entregamos 50 viaturas e investimos em equipamentos tecnológicos”, ressaltou.

O titular da SSP também lembrou que, neste ano, o Governo de Goiás também implantou o Centro Integrado de Comando e Controle Rural, onde são coordenadas todas as ações de segurança no campo, e inaugurou o Batalhão Rural da PM. “Durante muitos anos, houve a falsa impressão de que o campo era um ambiente de calmaria. Mas, infelizmente, com a chegada das drogas, a violência também passou a fazer parte da rotina da zona rural. É preciso que todos os estados olhem esse problema de forma diferente para que haja um combate específico neste nicho de crime. Em Goiás, estamos avançando muito neste sentido”, destacou.

Participaram do evento integrantes do Sistema CNA, além de representantes das federações de agricultura e pecuária e das forças policiais de Goiás, Acre, Amazonas, Amapá, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, São Paulo, Tocantins e Distrito Federal.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: