Polícia Militar fecha fábrica clandestina de armas de fogo no Entorno do DF

No local também era realizado conserto e manutenção de armas para criminosos da região. Uma pessoa foi presa em flagrante.

A Polícia Militar de Goiás fechou na madrugada desta terça-feira (16/02) uma fábrica clandestina de armas de fogo, sediada em Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal (DF). Os equipamentos artesanais eram vendidos a criminosos da região. No local também era feito o conserto e manutenção do armamento utilizado por assaltantes e traficantes de drogas. Um homem foi preso em flagrante.

A ação teve início durante patrulhamento de equipes da Rotam no município. No momento em que os militares passavam pelo setor Jardim Lunabel, visualizaram o indivíduo, em atitude suspeita. Durante busca pessoal foram encontradas com ele munições calibre 45. Os policiais descobriram que homem era na verdade um fabricante de armas. O suspeito confessou o crime e indicou o local onde funcionava a fábrica clandestina.

Na casa, foram apreendidas munições, uma pistola Taurus calibre 380 e uma carabina calibre 36. Além disso, foram descobertas várias pistolas sendo feitas, peças para fabricação e manutenção de armas, além do maquinário usado para as atividades ilícitas. O indivíduo foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil local, onde foi autuado pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

Outras ocorrências

Diversas outras armas de fogo foram apreendidas pela Polícia Militar, em ações realizadas nas últimas horas, entre a tarde desta segunda-feira (15/02) e madrugada de terça (16/02). Foram pelo menos 7 armas, além de munições, drogas e objetos furtados/roubados. Ao menos 10 pessoas foram presas.

Em uma das diligências, na capital, militares da Rotam conseguiram recuperar diversos itens roubados de uma residência, momentos após o crime. As equipes receberam denúncia, informando sobre a situação, no Setor Parque Industrial. Na ocasião, dois indivíduos armados, agindo com extrema violência, mantiveram uma família refém e subtraíram o veículo, celulares, aparelhos de televisão, notebooks e joias.

As equipes intensificaram o patrulhamento na região e localizaram a dupla, trafegando na GO-537, ainda no carro roubado. Durante a tentativa de abordagem, os suspeitos efetuaram diversos disparos contra os militares, que revidaram. Eles foram atingidos e chegaram a ser socorridos pelo Samu, mas não resistiram. Com os indivíduos, foram apreendidos os objetos roubados, dois revólveres e munições.

Ainda em Goiânia, dois homens foram presos por tráfico de drogas, receptação e posse irregular de arma de fogo. Equipes do 38º BPM realizavam rondas no setor dos Funcionários, quando visualizaram um dos suspeitos, de 19 anos, conduzindo um veículo. Com ele, os policiais apreenderam um celular roubado, que havia acabado de ser adquirido. O homem ainda confessou que possuía uma arma de fogo em sua casa.

Os PMs realizaram buscas no local e encontraram uma pistola Taurus, calibre .380, com um coldre e mira laser. Aos policiais, o indivíduo informou que trocaria a arma por drogas. Ele indicou outro endereço, no Jardim Novo Mundo, onde pegaria os ilícitos. No local foi encontrado o segundo suspeito, de 21 anos, além de 4 quilos de entorpecentes, entre maconha e cocaína. A dupla foi levada, junto ao material apreendido, à Central de Flagrantes da capital.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar:
Pular para o conteúdo