Pesquisa do Procon Goiás aponta variação de 284% em preços de mensalidades escolares em Goiânia

Levantamento foi realizado em 50 escolas particulares da capital. Maior variação encontrada foi identificada na 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio

A variação nas mensalidades escolares das instituições de ensino em Goiânia pode chegar a 284%. É o que mostra pesquisa realizada pelo Procon Goiás, superintendência integrada à Secretaria de Segurança Pública do Estado, que  visitou 50  escolas particulares em diferentes bairros de Goiânia. Foram coletados os valores das mensalidades escolares para o ano letivo de 2021 (educação infantil, ensino fundamental e médio). Os valores referem-se aos preços normais, ou seja, sem qualquer tipo de desconto.

A pesquisa de preços possibilita que os pais e alunos  identifiquem aquela escola adequada à sua realidade financeira. Porém, em se tratando de prestação de serviço educacional, cuja qualidade do ensino é primordial, o preço se torna apenas um dos fatores a serem observados na hora da escolha.

A maior variação encontrada foi identificada na 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio. O menor preço pesquisado foi de R$ 650,00 e o maior R$ 2.500,00. Variação de 284,62%

 

Veja outras variações (mensalidade escolar ano letivo 2021)

    MENOR MENOR  
SÉRIE TURNO PREÇO PREÇO VARIAÇÃO
    2021 2021  
Ensino Médio (1ª, 2ª e 3ª séries)  R$              650,00  R$      2.500,00 284,62%
Ensino Fundamental (1ª ao 5ª ano) Mat / Vesp  R$              475,00  R$      1.805,58 280,12%
Ensino Fundamental (6ª ano) Mat  R$              490,00  R$      1.755,00 258,16%
Ensino Fundamental (9º ano) Mat  R$              490,00  R$      1.732,00 253,47%
Ensino Fundamental (9º ano) Vesp  R$              825,00  R$      1.525,00 84,85%
Maternal I, II, III, IV e V) – (1 a 5 anos)  R$              475,00  R$      1.673,75 252,37%

 

O consumidor deve sempre procurar aliar preço à qualidade do serviço prestado. A dica é fazer uma seleção rápida de pelo menos três estabelecimentos de ensino que estejam com os preços das mensalidades adequados ao seu bolso e, a partir desta lista, conversar com amigos e parentes que já conhecem o serviço para avaliar o seu grau de satisfação. Também é interessante fazer uma visita para avaliar o quadro docente, o material didático que será utilizado, a carga horária por turno, espaço físico, se há prática de plantões pedagógicos, avaliação/simulado, número de alunos em sala de aula, etc.

Aumento médio anual registrado foi de apenas 2,38%

Ao comparar os valores médios das mensalidades do ano passado (2020) e os valores das mensalidades previstas para o ano de 2021, foi identificada uma previsão de aumento médio de 2,38%.

Individualmente, algumas tiveram elevação de até 6,63% e outras redução de até -4,12%.

Veja outros exemplos de aumento/redução médios:

    PREÇO PREÇO  
SÉRIE TURNO MÉDIO MÉDIO VARIAÇÃO
    2020 2021  
Ensino Médio (3º ano)  R$           1.538,95  R$      1.641,01 6,63%
Infantil IV / Maternal IV  R$              998,39  R$      1.053,82 5,55%
Ensino Fundamental (4º ano) Mat  R$           1.070,52  R$      1.111,62 3,84%
Ensino Fundamental (9º ano) Vesp  R$           1.121,26  R$      1.075,07 -4,12%
Ensino Fundamental (7º ano) Vesp  R$           1.115,52  R$      1.083,72 -2,85%

 

Reajuste nas mensalidades
Conforme a Lei Federal nº 9870 de 1997, o índice do reajuste anual deve ser aplicado com base na planilha de custos apresentada pela instituição de ensino.

Segundo o Superintendente do Procon Goiás, Allen Viana, é direito dos pais e/ou responsáveis exigirem este documentos à escola, que tem por obrigação a transparência de seus gastos, principalmente, neste período de pandemia. “É importante que as instituições de ensino levem em consideração que muitas famílias foram economicamente comprometidas pela crise gerada pela pandemia da Covid-19 e que elas merecem clareza nesse processo”, assegura.

Dicas e orientações do Procon Goiás

ATENÇÃO REDOBRADA AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS: Leia cuidadosamente o contrato antes de assinar, lembrando que configura prática abusiva a rescisão do contrato durante o ano letivo vigente por motivo de inadimplência, perda total do valor pago relativo à matrícula antes do início das aulas, multa moratória superior a 2%, etc.

ATENÇÃO AO VALOR DA ANUIDADE: As escolas podem cobrar dos alunos o valor correspondente ao valor da anuidade firmado em contrato, que poderá ser parcelado de acordo com as partes. A matrícula nada mais é do que uma das parcelas da anuidade. Independentemente da quantidade de parcelas ou do valor da matricula, não poderá ultrapassar o valor definido na anuidade em contrato. Esteja atento ao valor da mensalidade anunciado, pois muitas vezes, pode se referir ao valor com desconto de pontualidade e não o valor normal da parcela.

ATENTE-SE AOS ABUSOS EM CASO DE INADIMPLÊNCIA: Suspender provas, reter documentos, proibir a entrada do aluno em sala de aula ou qualquer outro de tipo de sanção pedagógica durante a vigência do contrato por motivo de inadimplência configura prática abusiva que deve ser denunciada pelos consumidores.

Para acessar a planilha de preços, clique aqui

Para acessar o relatório da pesquisa, clique aqui

Foto: Reprodução

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar:

Pular para o conteúdo