Fazendeiro é preso pela Polícia Civil suspeito de furtar energia elétrica da Prefeitura de Posse

Na propriedade rural, foi constatada a existência de uma ligação clandestina de energia elétrica, conhecida como “gato”. Se condenado, o suspeito poderá pegar de um a quatro anos de prisão, mais multa

A Polícia Civil de Goiás prendeu neste final de semana um fazendeiro, suspeito de furtar energia elétrica da Prefeitura Municipal de Posse, na região Nordeste do estado. As equipes tiveram conhecimento do crime, após denúncia feita pela administração local. A prisão e a investigação do caso foram realizadas pela Delegacia de Polícia (DP) de Posse.

Com a denúncia, policiais civis foram até a propriedade rural, com o apoio de um perito criminal e de um técnico eletricista da Prefeitura. No local, foi constatada a existência de uma ligação clandestina de energia elétrica, conhecida como “gato”. A rede teria sido instalada pelo próprio suspeito, que inclusive utilizava maquinários elétricos no momento da ação policial.

Segundo a apuração, o correto seria a existência de um relógio medidor, para aferir a eletricidade utilizada. Entretanto, o padrão não existia no local. Com a situação, ficou comprovado que toda a energia elétrica utilizada na propriedade rural, vinha sendo paga pela Prefeitura.

O fazendeiro foi preso em flagrante e conduzido até a Delegacia de Polícia de Posse. Ele foi autuado pelo crime de furto de energia elétrica. Se condenado, poderá pegar de um a quatro anos de prisão, mais multa.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar:

Pular para o conteúdo