Unidade Prisional de Trindade e Prefeitura fazem atendimentos em saúde para reeducandos

DSC_9039 3

Nesta primeira etapa, 200 detentos recebem benefícios nos setores oftalmológico, odontológico e psiquiátrico. Ação conjunta conta com apoio do Ministério Público e Poder Judiciário. Prefeito Jânio Darrot, vice-prefeito Gleysson Cabriny e primeira-dama Dairdes Darrot participam de atividade ao lado do diretor da prisão, Fábio Teixeira

A Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap) da SSPAP e a Prefeitura de Trindade empreenderam ações nesta quarta-feira (07/06) de atendimento médico e odontológico para presos que cumprem pena na unidade prisional do município. A atividade conjunta contou com o apoio do Ministério Público e do Poder Judiciário.

Nesta primeira etapa foram beneficiados 200 reeducandos da ala masculina. O prefeito Jânio Darrot, o vice-prefeito Gleysson Cabriny e a primeira-dama Dairdes Darrot fizeram questão de comparecer na atividade que coordenaram ao lado do diretor da prisão, Fábio Teixeira.

Os reeducandos receberam atendimento oftalmológico, odontológico (por meio da unidade móvel da Prefeitura de Trindade) e psiquiátrico. Foram feitas avaliação diagnóstica de tuberculose e de hanseníase, bem como testes rápidos para HIV, sífilis e hepatites virais, entre outros serviços. A secretária municipal de Saúde de Trindade, Gercilene Ferreira Branca, acompanhou as atividades.

O diretor da unidade prisional, Fábio Teixeira, destacou a importância da iniciativa, que além de prestar um serviço social relevante para a população carcerária, evitará deslocamentos que demandam esforços e forte estrutura operacional.

O promotor do Ministério Público de Goiás (MP-GO), Francisco Bandeira Carvalho Melo, destacou a importância de humanização na unidade e enalteceu a primeira-dama, Dairdes Darrot, por ter atendido o pedido da instituição no que se refere às ações naquela unidade. “Estamos promovendo a atividade como projeto piloto para ser encampada em todas as promotorias de Goiás”, destaca.

Branca Ferreira, secretária de Saúde ressaltou a enorme quantidade e qualidade dos serviços e dos profissionais disponibilizados. Eva Eny Junqueira (Direitos Humanos) lembrou que atividade especial foi realizada há dois meses, também de forma positiva, entre as reeducandas.

O prefeito Jânio Darrot destacou a gestão focada nas pessoas. “Estamos fazendo muitas obras e grandes ações para melhorar a vida, a saúde e a educação, principalmente das nossas crianças e adolescentes, facilitando a elas um futuro promissor”, disse.

Jânio afirma que a Prefeitura age para que os jovens busquem o caminho do bem, trabalhando para que não tenham que passar “por esta situação”.

Os reeducandos, segundo ele, são filhos de Trindade, de famílias que estão sofrendo muito. Os detentos, afirma, estão proibidos de exercer o direito de ir e vir, “mas não o direito do atendimento público humanizado, digno em saúde, psicológico e educacional”.

O diretor da unidade prisional, Fábio Teixeira, diz que “esse tipo de ação praticamente elimina deslocamentos com escoltas, em área não pavimentada e sem iluminação”.

Teixeira lembra que, em abril último, parceria entre a Unidade Prisional, Prefeitura, Ministério Público e Poder Judiciário, possibilitou a realização do evento “Um Dia de Saúde”, no presídio feminino.

Na ocasião, as mulheres receberam tratamento clínico, psicológico, atendimento médico e odontológico, além de serviços como cortes de cabelos e procedimentos estéticos e de beleza.  “É uma parceria ímpar e inédita que ajuda e muito a humanizar o ambiente”, disse.

FOTOS: JAQUELINE COSTA

 

Compartilhar: