Terceira fase da Operação Tríade atinge raiz de organizações criminosas

TERCEIRA ETAPA DA OPERAÇÃO TRÍADA (DEFRVA)  (3)Em ação organizada pelas forças policiais – incluindo os respectivos serviços de inteligência – da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), foi realizada nesta sexta-feira (17/06) a terceira etapa da Operação Tríade. O principal objetivo é fiscalizar estabelecimentos comerciais que negociam peças e acessórios de veículos. A intervenção se deu na Vila Canaã, região Sudoeste de Goiânia. O balanço consta a recuperação de um veículo, um mandado de prisão preventiva cumprido, três Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO’s) por crimes contra a ordem tributária lavrados, e um bloqueador de sinal de celular, usado costumeiramente em furtos de caminhões, apreendido.

A Operação Tríade é um duro golpe em organizações criminosas responsáveis por furtos e roubos em todo o Estado. Ela quebra um círculo vicioso de delitos. O raciocínio é que o cidadão que compra peças de origem duvidosa, financia e alimenta a corrente de atos delituosos.

As atividades desta sexta-feira foram coordenadas pela Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), que tem como titular o delegado Adriano Sousa Costa. Contou ainda com o trabalho de homens da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e de servidores da Superintendência de Polícia Técnico-Científica e da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz).

De acordo com o delegado responsável, a operação enfraquece associações criminosas responsáveis por furto e roubo de veículos. “Estes resultados demonstram que as forças policiais trabalham de forma efetiva e conjunta”, disse. “O Estado está presente e segue o combate efetivo contra todas as formas de criminalidade. O recado foi dado”, finaliza.

A Operação Tríade já abrangeu 10 municípios: Ceres, Goianira, Inhumas, Itaberaí, Jaraguá, Nerópolis, Petrolina, Rialma, Rianápolis e Uruana. Quatorze lojas foram interditadas por falta de alvará de funcionamento. Já na primeira etapa, realizada em março deste ano, 34 locais que não apresentaram a documentação necessária para o funcionamento tiveram suas portas lacradas.

Ação conjunta 

No combate ao crime organizado, principalmente ligado a roubo e furto de veículos, as forças policias têm obtido seguidos êxitos. Um exemplo é o trabalho desenvolvido por homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope). No dia 13 de maio, integrantes deste grupo especializado da Polícia Militar prenderam Charles Andrade da Silva, conhecido como Charlão da Canaã, um dos maiores clonadores de veículos da região metropolitana de Goiânia.

Também em maio, o Bope desarticulou associação criminosa responsável por desmanche de veículos na Vila Regina. Já em abril, foram presos em flagrante Sandro Oliveira de Jesus Júnior e Taffarel da Silva, responsáveis por desmanche de veículos roubados nas proximidades da Vila Canaã.

FOTOS: ASSESSORIA DE IMPRENSA DA POLÍCIA CIVIL

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP)
(62) 3201-1004, 3201-1055

Compartilhar: