Seap realiza operações simultâneas em unidades prisionais e apreende objetos ilícitos

1

Recuperadas duas motos roubadas na Casa do Albergado. Em Caldas Novas, celulares e armas são interceptados. Mulher é presa em Senador Canedo ao tentar acesso à unidade com maconha. Gope recolhe objetos incompatíveis com atividade prisional em Jussara

A Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap) realizou na semana passada, entre os dias 23 e 26 de agosto, série de ações para garantir a segurança dentro das unidades prisionais goianas, informa o superintendente executivo da Seap, tenente-coronel Newton Nery de Castilho, que coordena as atividades.

Na noite de quarta-feira (23/08) foi realizada uma operação integrada de revista na Casa do Albergado, na capital. Houve apreensão de produtos ilegais, entre eles duas motos roubadas: uma Honda Titan e uma Yamaha Fazer. Um suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes.

Foram apreendidos, também, 66 aparelhos de telefone celular, além de 73 carregadores, 65 gramas de cocaína, 174 gramas de maconha, 96 gramas de drogas sintética, duas balanças de precisão, além de grande quantidade de bebidas alcoólicas. A operação terminou por volta das 2h da manhã de quinta-feira (24/08).

Por medida de segurança, os reeducandos foram retirados da casa durante a realização da operação. A iniciativa contou com a participação do Grupo de Operações Penitenciárias (Gope), das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), agentes da Regional Metropolitana da Seap, Batalhão de Trânsito, serviço de Inteligência e Monitoramento da Seap, Grupo de Escola Prisional, e agentes da própria unidade fiscalizada.

Caldas Novas

Após receber informações de que criminosos planejavam arremessar, na noite de sábado (26/08), produtos ilícitos para dentro do presídio de Caldas Novas, a direção da unidade, com apoio de policiais militares, começou a monitorar o local com o intuito de evitar a possível ação.

Por volta das 20h, os agentes perceberam a aproximação de dois homens em uma moto Honda Titan na área das residências dão acesso ao fundo do presídio. Eles não atenderam à ordem de parada e empreenderam fuga. Na perseguição, os policiais perceberam que o ‘garupa’ da moto jogou um pacote no mato. Na busca, verificou-se que o mesmo continha quatro aparelhos de telefones celulares, três carregadores de bateria, um facão, cinco lâminas de seguetas e uma garrafa de cachaça. Os criminosos conseguiram fugir.

Na noite desta segunda-feira (28/08), nova operação na unidade prisional de Caldas Novas levou à apreensão de 74 gramas de maconha, 12 aparelhos de telefone celular e 18 carregadores, quatro baterias, uma faca e quatro armas artesanais.

Senador Canedo e Pires do Rio

No sábado (26/08), durante horário de visita na unidade prisional de Senador Canedo, os agentes prisionais prenderam Lilli Ana de Oliveira Pinto, que tentou entrar no local com 60 gramas de maconha. A droga levada nas partes íntimas seria entregue a seu companheiro que cumpre pena na unidade. A mulher foi presa e autuada em flagrante.

Ainda no sábado, equipe do Gore realizou procedimento de revista no presídio de Pires do Rio, no horário em que os presos tomavam banho de sol. Com apoio de servidores, foram encontrados na unidade os seguintes materiais ilícitos: sete carregadores de telefone celular e nove aparelhos, além de 220 gramas de substâncias entorpecentes.

Jussara

Na madrugada de terça-feira (29/08), detentos da unidade prisional de Jussara desafiaram decisões e passaram a ter ações hostis contra servidores penitenciários. Com a demanda, houve a pronta intervenção tática do Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope). Foram recolhidos objetos incompatíveis com o ambiente prisional (foto) e propostas transferências de presos para outras unidades.

Compartilhar: