Polícia Civil prende suspeito de tráfico na segunda fase da Operação Conúbio

Conubio1
Apreendidos mais de 50 quilos de cocaína, avaliados em cerca de R$ 1,8 milhão. De acordo com o delegado Vinícius Teles, nos próximos dias pequenos traficantes e demais envolvidos com associação criminosa devem ser identificados e detidos

A Polícia Civil, por meio de Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), apresentou nesta quarta-feira (22/03), Danilo Vieira dos Santos, 28 anos, preso durante uma operação que foi fechado um laboratório de refino de cocaína, no setor Três Marias, em Goiânia. No local, foram apreendidos mais de 50 kg da droga, avaliada em cerca de R$ 1,8 milhão, material para embalagem, formas, microondas e balanças de precisão.

Na residência do suspeito, no setor Vista Bela, foram encontrados R$ 80 mil em espécie, uma pistola 380, e a contabilidade do tráfico. A prisão é resultado da segunda fase da Operação Conúbio. As primeiras ações ocorreram no final de fevereiro de 2017.

Segundo o delegado Vinícius Teles, após as prisões realizadas na primeira fase, as investigações apontaram a existência de outro suspeito, que era responsável pela guarda e distribuição da maior parte da cocaína e continuava operando o esquema do grupo. Danilo entregava a droga em sacolas de presente para não levantar suspeitas. Mesmo depois de preso no mês passado, Túlio Robson Ernesto da Silva, um dos líderes da organização, ainda comandava as operações do tráfico

Na primeira fase da Operação Conúbio, foi desarticulada uma associação criminosa especializada em tráfico de drogas, em Goiânia. No total, foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão e 10 de prisão preventiva. A polícia também apreendeu mais de uma tonelada de drogas, dinheiro e armas de fogo.

Na ocasião, foram presos Renato Ribeiro de Souza, 35, Túlio Robson Ernesto da Silva, 28, Max Villank Aguiar de Macedo, 26, Cleyton Messias Leite, 34, Henrique Inácio Leite Abadia, 25, Nathalia Felipe de Melo Lourenço, 26, Moises Luidy Santos Moura, 22, Karolayne Mota Duarte, 19, Valber Oliveira Andrade, 23, Euripedes Junior Santos, 29, e Wellington Araújo Wolff, 38, foram presos. Junto com eles foram apreendidas drogas, valores e quinze automóveis do grupo.

Ainda segundo o delegado, nos próximos dias, os pequenos traficantes e demais envolvidos com a associação criminosa devem ser identificados e presos. “É possível que haja novos desdobramentos das ações”, afirmou.

FOTOS: POLÍCIA CIVIL

Compartilhar: