José Eliton discute medidas para garantir mais segurança no Eixo Anhanguera

IMG_4657O vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), José Eliton, manteve reunião na quinta-feira (16/06) com representantes das polícias Civil e Militar, Metrobus e Consórcio da Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC). Um dos principais objetivos do encontro foi discutir estratégias para garantir mais segurança aos passageiros que utilizam o Eixo Anhanguera.

Ficou acertado que serão executadas ações de combate ao crime nos terminais, plataformas e ônibus que integram a linha do transporte. As medidas serão implementadas pelas forças policiais do Estado e os gestores responsáveis pelo Eixo Anhanguera.

De acordo com José Eliton, o esforço conjunto servirá para coibir a criminalidade nas áreas atendidas pelo transporte. Para ele, o encontro serviu, especialmente, para garantir que ações neste sentido sejam efetivamente cumpridas. “Nosso foco é combater os crimes em suas mais diversas áreas. Vamos continuar na execução de ações cada vez mais intensas para que a sociedade tenha garantida sua tranquilidade tão merecida”, afirma.

Na reunião, também foi destacado o trabalho de videomonitoramento que já é realizado pelo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), por meio de parceria com a Metrobus, que soma esforços com os policiais que trabalham nas ruas e, juntos, combatem a ação de criminosos.

Comandante de Policiamento da Capital, tenente-coronel Ricardo Rocha ressaltou que a Polícia Militar tem intensificado cada vez mais a presença no Eixo Anhanguera, assim como nas demais regiões de Goiânia. Segundo ele, a corporação está à disposição das ações que serão realizadas para coibir a criminalidade no eixo.

O presidente da Metrobus, Marlius Braga Machado, ressaltou que a reunião foi bastante positiva. “Esse alinhamento de ações é fundamental para que a criminalidade seja combatida”, assegura. Ele elogiou a aproximação entre as autoridades de segurança com os gestores do transporte coletivo da Avenida Anhanguera. Afirma que problemas como a greve dos funcionários da Guarda Civil Metropolitana, por exemplo, podem dificultar a segurança dos usuários do Eixo Anhanguera, mas que está bastante otimista com a disponibilidade das forças policiais do Estado em enfrentar a criminalidade.

Também participaram da reunião o delegado-geral da Polícia Civil, Álvaro Cássio; o chefe do Estado Maior da PM, coronel Sílvio Vasconcelos; o diretor da Metrobus, Ricardo Jayme; e pelo consórcio RMTC, o diretor executivo Leomar Avelino e o gerente de Segurança, Sandro Guimarães.

 FOTOS/ANDRÉ SADDI

Comunicação Setorial
Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP)
(62) 3201-1004, 3201-1055

 

Compartilhar: