José Eliton defende penas mais  duras para quem pratica crimes

O vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, José Eliton, destacou a atuação eficiente das forças polícias goianas, mas ressalva que a legislação brasileira permite que os criminosos voltem às ruas. Ele defendeu penas mais duras para quem pratica crimes durante entrevista nesta segunda-feira (06/06) ao Jornal do Meio-Dia, da TV Serra Dourada, sob o comando dos âncoras Jordevá Rosa e Luciana Finholdt. Aos jornalistas e telespectadores, respondeu a perguntas sobre ações da Pasta que dirige e das polícias no enfrentamento à criminalidade.

O secretário disse que está em curso um amplo diálogo com o ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, para que sejam estabelecidas parcerias e que a União auxilie os estados na implementação de medidas que garantam mais segurança para a população.

Outro ponto defendido pelo vice-governador e titular da SSPAP é o aporte de investimentos no sistema prisional do país. Ele lembra de visitas que fez à Capital Federal, oportunidades em que manteve audiências com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski.

“Precisamos dos cerca de R$ 11 bilhões do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) que atualmente estão contingenciados pelo Governo Federal para fazer superávit. Com esse valor, há a previsão de os estados criarem cerca de 400 mil novas vagas no sistema prisional brasileiro”, relatou ao informar que o presidente do STF já determinou o descontingenciamento desse valor.

Drogas

O titular da SSPAP fez questão de ressaltar o grande número de apreensões de drogas realizado nos últimos meses em Goiás, o que resultou na incineração de cerca de 5,5 toneladas, ocorrido na manhã de segunda-feira (06/06) em Senador Canedo. “Além desse total, outros entorpecentes aguardam autorização da justiça e terão o mesmo destino em breve”, relatou ao enfatizar a relação direta do consumo e comércio desses ilícitos com outros crimes.

Outro tema abordado pelo secretário foi a ampliação dos horários de funcionamento de cinco delegacias, que a partir de agora estão aptas a fazer o Registro de Atendimento Integrado (RAI) em horário extra expediente e, com isso, promover um desafogamento da Central de Flagrantes e Pronto Atendimento ao Cidadão. “Essa foi uma medida estrategicamente pensada junto à Polícia Civil, por meio do delegado-geral, Álvaro Cássio, para dar mais agilidade ao trabalho dos Distritos policiais”, afirmou.

O vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, José Eliton, durante entrevista ao Jornal do Meio-Dia, da TV Serra Dourada: ele defende penas mais duras para quem pratica crimes

FOTOS: JOTA EURÍPEDES

Comunicação Setorial
Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP)
(62) 3201-1004, 3201-1055

 

 

Compartilhar: