GRAer e Polícia Federal elucidam roubo a agência da Caixa no Jardim Guanabara

Uma equipe do Grupo de Radiopatrulha Aérea (GRAer), tendo à frente o subcomandante, capitão André Ribeiro, desbaratou mais uma quadrilha organizada para assaltar instituições bancárias em Goiânia. A partir do compartilhamento de informações do serviço de inteligência da Polícia Militar e da Polícia Federal, a equipe prendeu nesta quarta-feira (19/10), no Jardim Novo Mundo, região leste da capital, dois dos envolvidos no roubo à agência da Caixa Econômica Federal (CEF) do Jardim Guanabara, ocorrido no dia 23 de setembro. No assalto, os criminosos renderam o vigilante do banco e fizeram os clientes reféns, saindo com grande quantia de dinheiro.

Foram presos até agora, Matheus Henrique Guimarães de Brito, 19 anos, e Mosair Calazões Moreira, 22 anos. O chefe da quadrilha, Reidner Lopes de Carvalho, morreu no dia 17 deste mês. Outros três envolvidos no crime já foram identificados pelo GRAer e pela Polícia Federal e deverão ser detidos nos próximos dias.

Segundo o capitão André Ribeiro, o primeiro a ser identificado e preso foi Mosair Calazões Moreira, de 22 anos. Contra ele, havia dois mandados de prisão preventiva por roubo e receptação. Mosair foi quem recebeu do chefe da quadrilha, Reidner Lopes de Carvalho, também morador do Jardim Novo Mundo, o veículo usado no crime, um Fiat Siena, como pagamento de dívida de drogas. O veículo, produto de roubo, foi apreendido. Reidner Lopes, por sua vez, morreu recentemente atingido por disparos de arma de fogo. Conforme observa o subcomandante do GRAer, a sua morte, no dia 17 deste mês, se deu provavelmente em razão de desentendimentos com outros membros do bando na partilha do dinheiro roubado.

Com a sua prisão, os policiais chegaram até Matheus Henrique, preso em flagrante por posse de munições e drogas. Ele foi detido na própria residência, no Jardim Novo Mundo, onde a polícia encontrou uma moto CB 300 preta, adquirida com dinheiro do roubo, e ainda R$ 6 mil em espécie. Matheus tinha uma passagem pela polícia por receptação e tinha saído da prisão há três meses.

Matheus confessou a participação direta no assalto à agência da Caixa Econômica Federal do Jardim Guanabara, no dia 23 de setembro, e disse, em depoimento, que Reidner Lopes foi quem liderou o crime. Matheus aparece nas imagens internas do banco usando uma blusa cinza e óculos escuros, recolhendo o dinheiro. Ele entrou na agência com mais dois comparsas. Renderam o vigia e fizeram reféns. Segundo informou à polícia, foi outro integrante, conhecido como “De Menor”, quem quebrou o blindex da agência com uma marreta e ficou do lado de fora fazendo a segurança do grupo.

Conforme explicou para a polícia, imediatamente após o crime, o veículo usado por eles no assalto foi repassado a Mosair Calazões Moreira, pelo líder da quadrilha, Reidner Lopes, como pagamento de uma dívida por drogas.

Segundo o subcomandante do GRAer, capitão André Ribeiro, Matheus Henrique, detido em flagrante, e Mosair Calazões, preso em cumprimento aos dois mandados que estavam em aberto, foram recolhidos à carceragem da Polícia Federal em Goiânia. Os policiais investigam, ainda, o envolvimento do bando em outros crimes da mesma natureza, tanto na capital quanto no interior do estado.

FOTOS: PM5

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
e Administração Penitenciária
(62) 3201-1004 / 1055

Compartilhar: