Cai quadrilha que atuava no Setor Rio Formoso, em Goiânia

Grupo seria responsável por pelo menos três homicídios; 

Associação criminosa também atuava no tráfico de drogas, roubos e furtos

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), apresentou nesta segunda-feira (23/04), uma associação criminosa que atuava na região do Setor Rio Formoso, em Goiânia. Duas pessoas foram presas e dois menores de idade apreendidos. A polícia segue em busca de outro menor, que está foragido. A suspeita é que o grupo tenha cometido pelo menos três homicídios. O quinteto também liderava outros crimes, como tráfico de drogas, roubos e furtos.

De acordo com as investigações, a quadrilha é responsável pela morte de Robson Fernando da Silva, de 30 anos, em setembro do ano passado. A vítima era usuária de crack e foi morta por conta de uma dívida de R$ 50. “Os cinco jogaram um carro contra o homem. Depois, desceram e deram quase 40 facadas”, explicou o delegado Danillo Porto.

O grupo é investigado há cerca de um ano. Além do homicídio de Robson Fernando, os suspeitos são investigados por outros dois homicídios cujas investigações seguem em andamento. “Eles são suspeitos por vários crimes. Temos várias denúncias de moradores contra eles”, afirmou o delegado.

Apesar da pouca idade, os adolescentes – de 16 e 14 anos -, possuem diversas passagens criminais. Além das prisões, a polícia também apreendeu três veículos roubados e aparelhos eletroeletrônicos.

 

FOTO: POLÍCIA CIVIL

Comunicação Setorial

Secretaria de Segurança Pública

(62) 3201-1004 / 1027 / 1055

Compartilhar: